quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Mais uma Dose


Mais uma dose
É! claro que eu to afim
A noite nunca tem fim
Porque que a gente é assim?
Agora fica comigo
e vê se num degruda de mim
Vê se ao menos me engole
mas não me mastiga assim
Canibais de nós mesmos
antes que a terra nos coma
cem gramas, sem drama
porque é que a gente é assim?

Mais uma dose
É! claro que eu to afim
a noite nunca tem fim
baby, porque que a gente é assim?

Você tem exatamente três mil horas
Pra parar de me beijar
hum!!! Meu bem, você tem tudo
Pra me conquistar
Você tem exatamente um segundo
Pra aprender a me amar
Você tem a vida inteira
Pra me devorar
Pra me devorar

Você tem exatamente três mil horas
Pra parar de me beijar
hum!!! Meu bem, você tem tudo
Pra me conquistar
Você tem exatamente um segundo
Pra aprender a me amar
Ah! Cê tem a vida inteira, baby
Pra me devorar
Pra me devorar

Mais uma dose
É! claro que eu to afim
A noite nunca tem fim
Porque que a gente é assim?

3 comentários:

Moises Prado disse...

Ate q enfim atualizei meu blog!! rsrs...
passa la!!
comenta os antigos assim q der tb primo, to esperando!
te+ abraço

Moises Prado disse...

hauahauhauhauhau...
pelo menos um texto clássico de "dor-de-cotovelo" tinha q ter ne?! rsrsrs...

valeu pelos comentarios primo! ainal nao é qualquer um q tem o aval de um grande jornalista nos textos, uai?! rsrs...

lê os mais antigos, ainda tem um bocado q vc nao leu, to esperando seus comentarios neles tb!!
brigadao!!

abraçao e otimo domingo pra ti ai!!

Alberto Pereira Jr. disse...

one more shot, please

:)